segunda-feira, 2 de abril de 2007

Wanna be "japonês"?

No sábado tentei ser cool e fui jantar a um restaurante chinês/ japonês. E porque chinês/ japonês ? Porque agora com a bronca que houve com os restaurantes chineses à pala da inspecção rigorosa... e pela moda crescente da comida japonesa... os chineses “ depatriaram-se” viraram as suas vestes chinesocas do avesso e adoptaram de vez os kimonos!

Assim, o que era restaurante chinês pobretanas, passou a japonês!Embalados pela moda, até se safaram bem...redefiniram a decoração e os pratos.. e de uma semana para a outra, passaram de “ porcos restaurantes chineses que congelam e descongelam a comida vezes sem conta, que servem carne de 3º qualidade e não respeitam a higiene do restaurante” a um chique restaurante, exactamente com os mesmos funcionários, com os mesmos cozinheiros, mas com uma decoração e com menus diferentes”.

O restaurante que fui no sábado era um “ chinês/japonês” ao menos assumido. Dizia mesmo lá à entrada ( chinês/ japonês)! O que significa que sem pudor pretende agradar aos dois públicos: ao dos crepes e shop sue e ao do sushi.
Eu apreciei a sinceridade, pelo menos quem lá vai, não se sente entrujado quando se depara com os mesmos funcionários a servi-lo. No menu do restaurante chinês/ japonês.. tinha pratos desde o mais básico arroz chau chau, ao “ sofisticado” sushi num barquinho de madeira.

Eu fui lá com ideias de provar sushi de uma vez por todas e por isso e por sugestão do João provei as iguarias que lá estavam. Salmão cru, pargo cru, algas, camarão crú .... punha-se um pouco de molho de soja, e mais uma coisa qualquer verde picante e pronto... era aquilo! Se já tinha ideia que era completamente pacóvia e provinciana no que se trata a comida... tirei as minhas dúvidas: sou mesmo!

Mas quero lá saber... não gostei, mas tinha que provar para poder dizer da minha justiça, que realemente não fiquei minimamente convencida. A apresentação estava bonitinha e até tinha bom aspecto, até me abstrai que aquilo era peixe cru... mas a constataçãoque faço é que não tenho o paladar “refinado” para apreciar “ tamanha iguaria”. Vá lá que o vinho branco era bom e estava bem gelado e como tal dava para disfarçar o sabor e o cheiro à lota de Espinho. Só pensava em como um bife Portugália era infinitamente melhor, como uma sardinha assada também e que no fundo eu era uma bimba de casaco de ganga e meia branca de raquetes perante aquilo!

Não convencida minimamente e esfomeada como estava passei ao plano B! Se tivesse num “japonês” ou num “wanna be” de japonês... guardava-me para uma sobremesa...como estava num “ chines/ japonês” virei o disco e pedi “chau min de gambas” e nem me chatei mais em tentar refinar e socializar o meu paladar provinciano. O João comeu o resto das iguarias japonesas e eu fiquei mais satisfeita com o meu Chau Min de gambas chinês.

A chinesita ou “wanna be” de japonesa não deve ter levado a mal e no fundo deve ter ficado inchada pelo facto de eu ter preferido a “ sua” comida. E eu percebi em como ela era inteligente em se ter mantido “ chinesa/ japonesa”. Assim consegue fazer frente a dois públicos diferentes e ainda fintar os “ wanna be” de restaurantes japoneses que se andam a espalhar por aí.

7 comentários:

Ticha disse...

Desde o Chinês de Entrecampos nunca mais consegui ir a nenhum...nos tempos de faculdade ia lá jantar mto, mas dp um amigo me dizer "Pat a carne é descongelada na varanda ao sol", fiquei a pensar, porra qtas vezes já foi a desgraçada da carne congelada e descongelada?!!! Nesta coisas sou msm uma saloia, tirando o italiano, não sou gde apreciadora..estarei ao nivel do blusão de ganga e meia de raquete?!!

daniela disse...

Sim, tens toda a razão mery! Já tinha topado isso mesmo.Na avenida da republica ao pé do antigo capuccino onde era um chines agora é um japones ( mesma gente),na almirante reis a mesma coisa. Andaremos nos a comer e a pagar gato por lebre?

Anónimo disse...

Maria, só faltam os nossos bollicaos (brancos por fora e pretos por dentro) que utilizam o dito cujo no meio das suas kizombadas e com aqueles trejeitos estranhos que fazem com os dedos :P

Anónimo disse...

EM RELAÇÃO À GASTRONOMIA RESPEITO OS GOSTOS E OS COSTUMES DE CADA UM.
SÓ NÃO COMPREENDO ESTE MODISMO DE SÓ ACHAR MUITO IN O QUE VEM DE FORA.SEI QUE HÁ PESSOAS QUE COMEM O PEIXE CRU COMO SE FOSSE UM PURGANTE, MAS SEMPRE COM UM SORRISO NOS LÁBIOS...PORQUE ESTÁ NA MODA.
PORTANTO MARIA, NÃO TE JULGUES PROVINCIANA. ÉS GENUÍNA E ASSIM DEVERÁS CONTINUAR.

MARIA DE LURDES MODESTO.

E QUE TAL UM COZIDINHO À PORTUGUESA??

Anónimo disse...

NAO HA DUVIDA DE QUE PELO NOSSO PORTUGAL FORA A NOSSA COMIDA E A MAIOR E A MAIS APETITOSA.CONTINUE COM OS SEUS COMENTARIOS QUE SAO EXTRAORDINARIOS.BJS.DIANA

Doninha disse...

São os sinais dos tempos, a adaptação que o homem deve ter face as circunstancias. Basta mudar o core business de xines para japonês que supostamente está na moda. Secalhar era o que portugal devia ter feito com os texteis, calçado e outros sectores de actividade que já n interessam para o Pais. Srº Primeiro Ministro aprenda com o xines da Maria e pode ser que nos tire da fossa.

Sayoonara!!!!!

Anónimo disse...

I am actually thаnkful tο the ownеr of
this ωеb page who has shаrеԁ this
wonderful рieсе of writіng
at hеre.

my web ѕіte ... Suggested Browsing