quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

"Picaxus", "Dimitris" e "Qualquercoisaoves"

As lojas chineses crescem como cogumelos… ou então para achinesar mais a coisa: como rebentos de soja! E eu gosto! Aliás, eu tenho um fascínio especial por estrangeiros que tentam aprender a falar Português! Acho, que sei lá, desperta em mim.. o meu lado de emigrante infértil! Adoraria sê-lo e ter a capacidade de me por a andar do país para fora e como não o sou capaz de o fazer definitivamente ( apenas em viagens pontuais) nutro pelos chineses e pelos “dimitris” ou os “ qualquercoisaoves” uma admiração profunda!

Os chinocas porque viajam milhares de quilómetros para vender aparelhometros totalmente cromos, canetas que também servem de antenas de televisão, termómetros.. e também para escrever..carteiras da marca Rucci, VL ( Vuiton Luis) e com uns símbolos manhosos que lhes gabo a imaginação! Para além de percorrerem quilómetros ( faz-me lembrar a fábula da formiga e da cigarra, e representam bem a metáfora da formiga.. não só por serem Picaxus , mas porque são trabalhadores).. ainda têm que gramar com os enchidos e com o cozido a portuguesa e com o prato de coelho a caçador ( que é tão comum para nós como para eles shop sue de cão).

É um choque cultural brutal! Mas tenho que dizer, que um dia quando me esqueci do telemóvel, das chaves e do dinheiro em casa, para ir por o lixo… foi o chinesito de uma loja que me safou, enquanto o atrasado do tuga do café, me desprezou enquanto eu estava a rasca, não só por estar numa figura ridícula, própria de quem vai por apenas o lixo, mas porque não sabia como me ia safar… O chinesito olhou p mim, ainda com o olhar mais fechado e disse: “Quéle o telemóvel? Telefone!” A partir daí, se já era fan dos chineses, fiquei fansaça não só com o facto de me ter emprestado o telemóvel, mas principalmente com a fofura que foi aquele “Quéle” sentido, e bem… (vamos dizer) oriental!!

Os “Dimitri” e os “ Qualquercoisaoves” tem um ar castiço e simpático. É impossível alguém não ir com a cara deles. Devem-se ter convertido ao bom vinho Português, eles porque se já tinham um ar rosadinho, ficaram ainda mais “Rosés” como o vinho ( “adamado”.. é o que diz no rótulo), elas porque falam como eu.. quando estou com mais uns copos!

São gente de trabalho e com um sentido de solidariedade e entreajuda profundos!

Enquanto o tuga se queixa, queixa e também queixa… eles arregaçam a manga do casaco 80’s e siga!

“Quiem tivele a primieira piedra que atile!”

3 comentários:

Catarina disse...

que querido o chinesito!! e granda azar o teu!!

Pedro Torres disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
2007 o ano que promete! disse...

uma questao... achas que as rendas altissimas das casas que eles alugam, e os mercedes e BMW´s que muitos deles tem qd chegam ao trabalho (como eu ja vi), são pagos pelas bujigangas q eles vendem? Não me parece... talvez seja mais lavagem de dinheiro, digo eu!