sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Os junkblogs

Quando comecei o blog há 6 anos atrás tudo era muito mais pacóvio e simplezinho. Nós escrevíamos e alguém nos lia. Esperava-se que tivéssemos comentários, esperava-se que achassem que o nosso texto estava bem escrito e que tivéssemos visitas.

Hoje está tudo de pernas para o ar. Os blogs são autênticas montras de publicidade. Em cada 10 posts, 9 são com passatempos, publicidade camuflada e torna-se constrangedor abrir uma página de blog e aquilo estar minado de publicidade por todos os lados. Nos últimos tempos então, já não há paciência para a quantidade de bloggers que agora acham que são fashion advisers e que dão palpites de moda e parecem todas iguais. Todas vestidas pela HM, Zara e Primark.

Eu ainda sou do tempo em que a Pipoca comprava sapatos a 10 euros e que escrevia 10 posts interessantes e com sumo por semana. Todos os dias abria o blog dela e sabia que invariavelmente estaria um texto com piada, irrepreensível e com uma escrita totalmente clean. Era mais uma de nós, uma mulher como todas as outras e isso causa empatia com os leitores. Ou o blog da Cocó na fralda que escrevia com graça sobre os filhos e das suas aventuras como mãe, em vez de fazer campanhas ao Skip e outras marcas. Então do blog Mini-saia, nem se fala! Passemos à frente.

Tudo ok... escreve-se, perde-se muito tempo e é legítimo que se queira ter algum benefício, mas há certos limites. Escrever no blog sobre um produto que se gosta, usa e recomenda (como faz a Maçã de Eva), acho muito bem. Escrever no blog que o produto XPTO é maravilhoso e que usa desde pequenina, quando não se usa, isso é ser totalmente desonesto com os leitores, principalmente porque não é evidente que é “publicidade”.

Há 6 anos atrás esperava-se uma opinião isenta, hoje em dia, sabe-se que isso não é bem assim. Os blogs parecem uma TV Shop disfarçada e os textos são fraquinhos e pouco há para ler. A popularidade é muito mais à conta de passatempos e fama do passado que fazem explodir as visitas do que propriamente textos engraçados e bem escritos. Há ainda alguns blogs que sobrevivem a isso, que conseguem boas visitas e estão no meu top (como o Quadripolidades, viva a ursa!). Estes resistem a todo o custo a este novo fenómeno que são o do junkblog, ou seja, blogs que eram bons e que agora mais parecem catálogos da La Redout.

10 comentários:

Poisoned Apple disse...

Hello!

Percebo o que queres dizer, mas por acaso nunca me incomodou a publicidade que vai aparecendo nos blogues. Aquilo que me incomoda é o "é tudo bom". Não existe critério, basta a marca aparecer, pagar ou oferecer produtos e é porque é bom.

Nada contra quem recebe produtos e pagamentos (mesmo!), mas onde fica a verdade? Nunca mais me esqueço de um rímel qualquer da Maybelline, "angel" ou "wings" qualquer coisa, acabado de lançar. Apareceu de repente em todos os blogues. Era o melhor do mundo. Num determinado blogue, na semana seguinte, podia ler-se sobre um rímel do Boticário que era um espanto! Onde fica a verdade nisto?

Acho até burro das marcas, mas valia pagar por um banner que fica a piscar.

A sensação que eu tenho (e devem ter todos), é a de folhear uma revista. Está lá a publicidade, passa-se a página, não prende a atenção. Pelo menos a mim não!

Por outro lado, acho que existe muito leitor que pensa "aqui está mais um texto de publucidade camuflada!" e não o é. É publicidade em forma de texto, o que não estamos habituados a ler e por isso alguns acham que é camuflado.

Bem vistas as coisas, uma criança vê que é publicidade, os autores sabem perfeitamente disso, iriam "camuflar" a que propósito? Nisso estou em desacordo.

Para mim, para evitar essas coisas, convites levarão a um texto que começará por "A marca X convidou-me a...".

No entanto, acho que se vai uma selecção natural dos blogues. Não acredito que as marcas queiram estar numa página onde existe conflito de interesses. Ou seja, se eu fosse o Continente, não queria estar na página de um blogger ao lado do Jumbo.

Se os bloggers são opinion makers, deveriam ser selectivos como na vida pessoal. Se isso dá menos lucro? De certeza! Mas dá mais reconhecimento. É estabelecer prioridades.

Eu gosto de muitos cremes, mas não gosto de todos os cremes! A falta de honestidade nestas coisas levará ao declínio de muitos blogs. Há uns que lhes dou dois ou três anos de vida. As pessoas fartam-se.

Poisoned Apple disse...

Hello!

Percebo o que queres dizer, mas por acaso nunca me incomodou a publicidade que vai aparecendo nos blogues. Aquilo que me incomoda é o "é tudo bom". Não existe critério, basta a marca aparecer, pagar ou oferecer produtos e é porque é bom.

Nada contra quem recebe produtos e pagamentos (mesmo!), mas onde fica a verdade? Nunca mais me esqueço de um rímel qualquer da Maybelline, "angel" ou "wings" qualquer coisa, acabado de lançar. Apareceu de repente em todos os blogues. Era o melhor do mundo. Num determinado blogue, na semana seguinte, podia ler-se sobre um rímel do Boticário que era um espanto! Onde fica a verdade nisto?

Acho até burro das marcas, mas valia pagar por um banner que fica a piscar.

A sensação que eu tenho (e devem ter todos), é a de folhear uma revista. Está lá a publicidade, passa-se a página, não prende a atenção. Pelo menos a mim não!

Por outro lado, acho que existe muito leitor que pensa "aqui está mais um texto de publucidade camuflada!" e não o é. É publicidade em forma de texto, o que não estamos habituados a ler e por isso alguns acham que é camuflado.

Bem vistas as coisas, uma criança vê que é publicidade, os autores sabem perfeitamente disso, iriam "camuflar" a que propósito? Nisso estou em desacordo.

Para mim, para evitar essas coisas, convites levarão a um texto que começará por "A marca X convidou-me a...".

No entanto, acho que se vai uma selecção natural dos blogues. Não acredito que as marcas queiram estar numa página onde existe conflito de interesses. Ou seja, se eu fosse o Continente, não queria estar na página de um blogger ao lado do Jumbo.

Se os bloggers são opinion makers, deveriam ser selectivos como na vida pessoal. Se isso dá menos lucro? De certeza! Mas dá mais reconhecimento. É estabelecer prioridades.

Eu gosto de muitos cremes, mas não gosto de todos os cremes! A falta de honestidade nestas coisas levará ao declínio de muitos blogs. Há uns que lhes dou dois ou três anos de vida. As pessoas fartam-se.

Titanices disse...

Parabéns!! Podia ter sido eu a escrever isto, de tal forma estou de acordo contigo!! Sim A PN é um espectáculo!!!

tata disse...

concordo inteiramente! também gostava muito do blog da pipoca hj em dia não se vê (lê) nada de jeito por lá... Outro excelente blog, para mim tlvz o melhor, é o da grande rititi! permance fiel a si mesma e tenho ideia que foi das primeiras a resultar em livro!

anokas disse...

Vim cá ter através da maçã de eva e gostei muito deste texto. Estou neste mundo dos blogs há pouco tempo, por isso conheço mais esta vertente de publicidades e giveawyas. Não gosto muito de ler posts em que publicitam um produto, seja ele bom ou mau, mas continuo a ler os blogs porque de vez em quando lá aparece um texto que eu gosto.

Rabodesaia disse...

Tens razão Poisoned Apple, eu acho muito mais honesto como tu escreves. Gostas de um determinado produto e por isso publicitas porque é bom e não porque te pagaram para o dizer. Se o produto que tu gostas e te oferece umas coisa, melhor! Por exemplo, se a Kérastase me contactasse para escrever sobre os produtos deles, eu escrevia a saltar e feliz da vida. Aliás, posso dizer que são os melhores para o meu tipo de cabelo.Agora jamais aceitaria escrever maravilhas sobre os Frutis, Pantene, quando o meu cabelo fica palha!
Eu gostei também da maneira como publicitaste a Nutricionista e quem te lê sabe que falaste dela porque tiveste bons resultados. Isso é ser honesta, isso é ser fiel aos leitores que vêem em ti alguém em quem podem confiar. Concordo contigo quando dizes que a falta de honestidade levará ao declínio de muitos blogs! Não há paciência e já chega de nos tentarem fazer de parvos.

Rabodesaia disse...

Obrigada Titanices!Sim,a PN é um espectáculo! Acho-lhe imensa graça!

Rabodesaia disse...

Tata tens razão! A Rititi também é genial, escreve é com pouca regularidade.

Rabodesaia disse...

Olá Anokas obrigada. Recomecei este blog há pouco tempo, precisamente porque estava farta de abrir blogs e ver publicidade descarada. Continua com o teu blog que eu vou lá fazendo umas visitas.

B. disse...

Esses blogs parecem cogumelos por aí! E é pena que cada vez mais sejam raros os bons blogs que andam por aí. Eu adoro trapos e gosto de conhecer produtos novos, mas soa tudo a falso. Parece que perderam a piada. Eu prefiro sempre o anonimato e manter-me fiel a mim.