terça-feira, 12 de junho de 2007

O Novo Dicionário de Língua Portuguesa!

Já fazia falta: o pequeno dicionário de bolso de língua portuguesa


Ades- ( EX: ades isto, ades aquilo!!!) Conjugação do verbo “ader”. Um dos verbos mais utilizados na língua portuguesa!

Alevantar - O acto de levantar com convicção, assim com o ar de "a mim ninguém me Lixa!! Alevantei-me e fui-me embora!"

Aspergic - Medicamento português que mistura Aspegic com Aspirina.

Assentar - O acto de sentar, só que com muita força, como se fossemos praticamente um tijolo no cimento da estupidez.

Da-se- termo utilizado em qualquer situação e mais alguma. ( EXEMPLO: admiração, alegria, tristeza, raiva).Sufixo da palavra(...) imprópria para o dicionário.

Destrocar - Trocar várias vezes a mesma nota até ficarmos com a mesma.

Destrocer - Torcer várias vezes.

Deslargar - Largar várias vezes o que quer que seja.
( EX: Deslarga-me páaaaaaaaaa!!!)

Entropelar - Tropelar duas vezes seguidas. Penso eu de que…

Eros ou Eurios - Moeda alternativa ao Euro adoptada por alguns portugueses.

Exensar- Termo que para ser bem utilizado tem que ser dito rápido para que algumas pessoas percebem que se quer dizer "deves pensar".

Falastes, Dissestes e afins - Articulação na 4ª pessoa do singular. Ex: EU falei, TU falaste, ELE falou, TU FALASTES. Eu tenho um carinho especial por estas pessoas…. É que o o esforço que se faz para dizer :” fizestessssssssss” é de louvar

Fracturação - O resultado da soma do consumo de clientes em qualquer casa comercial. Casa que não fractura... Não predura.
E ne migos - O que vou ganhar depois de alguns lerem este Dicionário...

Fanix, fonix e fosca-se- termo utilizado em qualquer situação e mais alguma.
( Nota: não há uma regra para ser utilizada)

Germinado- Utilizado quando se fala em casas ( ex:tenho uma casa germinada).

Le- em substituição de “ lhe”…. Assim sendo… “Eu disse-le!”

Mê - A forma mais prática de articular a palavra MEU e dar um ar afro à língua portuguesa, como Bu ou Maning (muito em Moçambique). Ex: Mê carro.

Nha- assim como Mê, é a forma mais prática de articular a palavra Minha. Para quê perder tempo não é? Fica sempre bem dizer Mê Tio e Nha Mãe por exemplo, e poupa-se imenso tempo. Né mesmo?

Númaro – ( então a conjugação numaro teuze é brilhante)

Oros- Moeda alternativa ao Euro adoptada por alguns portugueses ( ver Eros ou erios)

Parteleira - Local ideal para guardar os livros de português do tempo da escola.

Perssunal - O contrário de amador. Muito utilizado por jogadores de futebol. Ex: "Sou perssunal de futebol". Dica: Deve ser articulada de uma forma rápida.

Pitaxio - Aperitivo da classe do Mendoim.

Prontus - Do latim arcaico ( prontus, pronti). Serve para iniciar uma oração
( prontus é assim!) ou para finalizar a mesma com ênfase ( já disse que é assim… prontus!) Usar o mais possível. Sempre! “Prontus” é bonito!Fica sempre bem nos lugares mais bem frequentados da sociedade.

Prutugal - País ao lado da Espanha. Não é a Francia.

Rondana - Uma roldana que ronda à volta de si mesma.

Sande- Abreviação comum de sandwiche e de " sandes". ( EX: uma sande…duas sandes!)

Shampum ou shampom- vem do latim ( shampum, i)Líquido para lavar o cabelo.

Stander de vendas - Local de venda. A forma mais famosa e difundida é sem dúvida o Stander de Automóveis.

Tufone- Forma queque de dizer “ telefone”.

Tipo - Juntamente com o "é assim", faz parte das grandes evoluções da língua portuguesa. Também sem querer dizer nada e não servir para nada, pode ser usado quando se quiser, porque nunca está errado nem certo. ( EX:É assim... tipo tázaver?)

Treuze- Numaro que vem a seguir ao 12.

Xaulas, xolhos, xorelas, xamigos- prefixo “ X” que liga todas as palavras que começam com vogais.

Zaulas, Zolhos, zorelhas, zamigos- prefixo “ Z” que assim como o “ X” liga todas as palavras que começa com vogais. vaizá zaulas?? ( vais ás aulas?)

3 comentários:

Luís Nogueira disse...

Confesso ter ficado impressionado, com a quantidade de "entradas" que este almanaque da lingua lusa poderia ter...Em jeito de desculpa e citando um nobre nome da praça brasileira, "a lingua é de quem a fala" e assim, por mais calinadas e imprupérios que se diga, não faz mal!!!Aliás, em limite, reformule-se "os lusiadas" para linguagem moderna, pois para além da linguagem neo-vernácula, poderiam sempre "Kita-lo"...Já agora, qual seria o/a estilista escolhido para vestir "Camones"?Com tantas mutações...

Ze_Porvinho disse...

Cara Engenheira Edite Estrela,

Perdão, rabodesaia, eu hoje ando do camandro, fónix!!!!

Está do best, este S. post.

Apenas me atreveria a sugerir-lhe um termo:

Espermentar - Ensaiar, tentar, aprender pela experiência, ensaiar pelo uso. Pelo menos penso eu de que... que já a vi escrita e nem quero pensar em qualquer outro significado para esta palavra!!!!

Hic Hic Hurra

PS - A propósito, mudou algo no S. blog? Parece que noto uma diferença qualquer, mas não lhe sei dizer bem qual...

Rabodesaia disse...

Luis, em relação ao estilista paa vestir o " camones" eu cá não sei!
Ainda o vestia de rosa e estava tudo lixado!

Caro Engenheiro,

Mudei de look! Já deve ter notado! Há coisas assim!